segunda-feira, 5 de julho de 2010

Au revoir!


A famigerada seleção de Dunga está fora da Copa. Como muitas pessoas inteligentes afirmaram desde a última sexta-feira, foi a melhor coisa que podia acontecer ao combalido Brasil. Seria um enorme desserviço ao futebol se um catadão cuja imagem mais perfeita é a do carniceiro Felipe Melo, ganhasse o mundial. Uma seleção arrogante, comandada por um técnico estagiário, grosseirão e prepotente, recheada de jogadores que mesmo sem terem tido até hoje grande sucesso no futebol, se acham os tais. Um Robinho mascarado, um Kaká, o maior lobbista da história do futebol mundial, mostrando seu joguinho pífio, como sempre. Um bando de boleiros que em nada representa o país, muitos deles convocados apenas porque atuam no exterior. Ninguém tem a menor dúvida de que nomes como Elias, Hernanes, Neymar e Ganso são muito melhores do que os pernas de pau dessas posições que foram à África do Sul. Com esse escretezinho de meia tigela eliminado, reduz-se um pouco o ufanismo tolo dos brasileiros, acaba-se de vez com as patriotadas sazonais e a atenção deixa de estar voltada somente para a inútil seleção brasileira (não quero nem pensar como será em 2014, haja estômago!).
Como invariavelmente ocorre, não falta nesses momentos de Copa do Mundo a figura patética do nacionalistazinho-autoritário. Percorrendo fóruns de discussão logo após a eliminação brasileira, topei com vários patrioteiros bradando os impropérios mais estapafúrdios, coisas do tipo: "quem não honra a pátria deveria ser preso", ou "quem torce contra é desprezível, dá risada enquanto o mundo está a lhes tirar sarro". Só rindo! Médici vibra no túmulo com seus filhotinhos extemporâneos. Seria interessante observar o que esses sujeitos bizarros fazem no dia-a-dia para contribuir com o bairro onde moram, por exemplo, ou o que realizam de bom, em geral, como cidadãos. É paradoxal ainda o fato de que os atletas brasileiros que participam de Jogos Olímpicos, a maioria deles tendo que suar sangue para poder treinar, gente que realmente representa o país, não são alvo dos exageros ufanistas típicos do futebol. É bobo mesmo o brasileiro comum!
Bom, para finalizar, o blog estará ausente de novas postagens no restante do mês de julho, voltando em agosto. Ao leitor que estiver interessado, aproveite para dar uma lida em postagens antigas e apreciar o novo visual da página, em tons mais pastéis e mais espaço em branco ao fundo.
Boas férias para quem as tiver e au revoir!

Nenhum comentário:

Postar um comentário